Subida ao Morro das Antenas, coincidências, o paradoxo de Zeno, o universo, o amor, e a finitude da vida.


Trabalho em Joinville há seis anos e tenho um colega que mora em Jaraguá do Sul, mas até pouco tempo atrás, não sabia da existência do Morro das Antenas.

De antemão quero deixar claro que acredito em coincidências, na aleatoriedade de eventos. Há um excelente livro sobre o assunto, O Andar do Bêbado – como o acaso determina nossas vidas, do físico americano Leonard Mlodinow. É uma ótima leitura.

Continue lendo “Subida ao Morro das Antenas, coincidências, o paradoxo de Zeno, o universo, o amor, e a finitude da vida.”